fbpx

Conheça a Mandrágora: Cactos e suculentas que encantam a Feira do Verde em Embu das Artes

Dora Magalhães e Carlos Ramiro, o casal simpático que cuida da barraca mais charmosa de plantinhas na Feira do Verde, em Embu das Artes. Fomos convidados a conhecer o espaço de trabalho deles aqui na cidade e a estufa colorida e cheia de mini cactos e suculentas é de deixar qualquer um encantado. Mas o trabalho da dupla vai muito além disso e nós te contamos tudo aqui no embudasartes.net.

Para quem não conhece, a Feira do Verde fica dentro da Feira de Artes e Artesanato de Embu das Artes, onde são vendidas plantas e flores ornamentais. Dora e Carlos mantém a Mandrágora, barraca de cactos e suculentas, firme e forte em exposição aos domingos.

Atualmente, as plantinhas são vendidas de diversas formas. Uma delas é em vasinhos delicados e super artesanais, pintados à mão. Outra novidade são os ímãs com ervas colocadas cuidadosamente em dedais – uma graça! As lâmpadas foram agregadas recentemente, uma ideia que Carlos teve e que deu super certo. Para quem gosta de decoração e natureza, a dica é um sucesso.

A Mandrágora tem clientes em todos os cantos do Brasil e vira e mexe encanta visitantes internacionais. “Muitos estrangeiros vêm conhecer a feira, se apaixonam pelo nosso trabalho e levam para o seu país. A gente vendeu 15 vasinhos para um rapaz chinês recentemente, mas já tivemos clientes até da Alemanha”, contou Dora.

A familiaridade com as plantas começou com Carlos, que disse ser fã das “filhas da natureza”. “Não me lembro quando foi que comecei a gostar de plantas, reza a lenda que desde que eu nasci”, disse rindo. E completou: “Hoje em dia eu faço de tudo, tenho que inventar novas formas de arranjo, disposição dos cactos, das suculentas, porque tenho concorrência com mais 700 barracas”.

A mais recente novidade são os conjuntos de plantinhas no cacto. “Isso o Carlos bolou sozinho, foi e achou bambu, cuidou da base e eu ajudei na montagem”, explicou Dora enquanto pegava um modelo para mostrar de pertinho os detalhes.

“Também temos agora os bambus, invenção nossa de colocar em vasos estreitos com pedrinhas. Esse aqui é mais chique”, brincou Dora. E contou um segredo: “Pode ser que a barraca do lado venda a mesma planta que a gente, mas temos muitos cliente que preferem comprar aqui na Mandrágora por conta do carinho. A gente pinta vaso, põe pedrinha, é tudo no capricho!”.

Dora é do Conselho de Turismo da Prefeitura de Embu das Artes e está super engajada no que acontece na cidade. Enquanto fala da cidade, Carlos parece deslumbrado com o ar puro e a proximidade da natureza. “A gente está dentro de São Paulo, mas temos esse cenário cheio de verde, de floresta, é lindo!”, ressaltou o jardineiro.

O lar do casal não poderia ser diferente. Eles têm um pomar incrível, com acerola, lichia, carambola, jabuticaba e outras frutas. Sem falar na horta orgânica e na piscina, que em breve vai virar um aquário. “Queremos criar e cultivar peixes!”, disse Carlos entusiasmado.

Parece que é exatamente essa paixão pela natureza e por tudo o que ela oferece que permite ao casal depositar sensibilidade e emoção em cada um dos trabalhos realizados. Não tem como negar!

Serviço

Mandrágora
Exposição aos domingos na Feira do Verde – dentro da Feira de Embu das Artes
Página no Facebook: Facebook Mandrágora
Telefone: (11) 99900-5927 (Dora)
Email: [email protected]

Comentários

Posts relacionados